Oscar 2013: Os três vestidos mais lindos da noite

Oscar 2013: Os três vestidos mais lindos da noite

O Oscar nem terminou ainda, mas já fiz a minha seleção dos 3 vestidos mais lindos e apaixonantes que passaram pelo Tapete Vermelho esta noite. Como sempre, um pouco de tudo, desde os tradicionais até os mais ousados, mas um particularmente cativou o meu coração, daqueles que se você pudesse escolher um vestido no mundo todo, não pensaria duas vezes! Fiz a seleção em ordem crescente, sendo o último deles o que tenho certeza que vou sonhar com ele esta noite:

 

1- Anne Hathaway: Prada.  O que adorei foi o comentário que ela fez sobre o vestido quando foi entrevistada, dizendo que a mãe dela disse que era um vestido perfeito: “Business girl in the front, Party Girl in the back” (Moça trabalhadora na frente, moça baladeira nas costas). O vestido nas costas era cruzado com duas alças fininhas e um decote baixo fino e sensual. Simplesmente demais! A cor do vestido em morenas de pele clarinha como a dela, fica muito elegante. As jóias da atriz como uma boa novaiorquina eram todas da Tiffany e de muito bom gosto. E claro que nada mais do que merecido, Anne Hathaway ganhou o Oscar de Melhor Atriz Coadjuvante.

2- Reese Witherspoon: Louis Vuitton. Recentemente criticada por estar “acima do peso”, a atriz usou LV dos pés a cabeça e ficou simplesmente maravilhosa. Confesso que fiquei procurando este “acima do peso” dela e não consigo visualizar, pra mim ela é linda de qualquer jeito, poxa, acabou de ter um neném e está linda! O mais fofo foi ela dizer que a sua filha que ajudou na escolha do modelito. Achei o vestido elegantérrimo, acho que azul é uma cor que fica linda em loiras. O penteado, o make, tudo perfeito! Não é a toa que é um dos meus preferidos!

3- Jennifer Lawrence: Dior. Parem o mundo que eu quero descer! O vestido que eu guardo a 7 chaves como modelo do meu vestido de casamento acabou de possivelmente perder seu posto. Simplesmente DIVINO. Quando bati o olho fiquei sem piscar por muito tempo. E é o que eu digo: Dior é Dior. Não tem discussão. Para mim foi o look mais perfeito de todos da noite. Já salvei aqui na minha pastinha de “Eu Quero”. Acho que toda mulher merece um desse no armário. Delicado e elegante, simplesmente incomparável. Se tivesse o Oscar de melhor vestido, não pensaria duas vezes.

E você? Qual foi o mais bonito de todos na sua opinião?

 Fotos: Site UOL

[Mistério] Se a Paula Fernandes é tão brega… como a estilista dela pode ser tão boa?

Esses dias estava no Facebook e vi umas foto de uma amiga que tinha ido ao show da Paula Fernandes. Eu, particularmente, não gosto e acho ela uma cantora fraca, mas não tinha reparado em outro aspecto da nova queridinha do Brasil: como ela é brega, MY GOSH!

Gostos à parte, eu reparei e achei as roupas dela RIDÍCULAS e olha que, em tese, eu amo babados, cintura marcada e roupas fofas.

Acabei escrevendo isso no meu perfil e, alertada pela Jéssica (amiga e colaboradora do Pluralíssimo) fiquei sabendo que, curiosamente, a estilista da Paula é ótima. O nome da estilista é Patrícia Nascimento, mineira, com especialização em  corselete (juro que achei um luxo fazer uma pós em corselete).

Fui fuçar no site da estilista e… concordei com a Jéssica. Os vestidos da Patrícia são maravilhosos! Daqueles que a gente só vai sonhar, porque com o modelito mais simples saindo por R$ 3.900 reais, só ganhando na mega-sena. Dêem uma olhada e não me digam se são lindos de morrer:

 

Para quem adorou as criações da Patrícia (como eu) veja mais no site dela clicando aqui.

Agora, me digam: se a estilista dela é tão boa… como a Paula Fernandes pode ser tão brega? Então, ela respondeu para o R7. Vejam a matéria aqui. 

E ai, o que acharam? Meu veredito: amei a Patrícia, mas continuo achando Paula Fernandes cafona. Que me perdoem os fãs dela…

 

Marca fofa: Un vestido y un amor <3

Assim como eu sou mega desligada com cuidados com a pele (com o que eu não sou desligada, né?, rs), também estou muito, mas muuuuuuito longe de ser alguém que liga pra marcas de roupa. Meu critério para comprar uma peça é: eu tenho que gostar/tem que ter meu estilo e tem que caber no meu bolso. Simples assim. Por isso, resolvi apresentar pra quem não conhece a marca Un Vestido y Un Amor. Nunca ouviu falar? Pois é. Eu descobri a Un Vestido por conta de uma matéria publicada na Época São Paulo, há uns dois anos, acho, e me identifiquei de cara quando vi os vestidos no site (a Un Vestido só vende online). Mas sabe quando você vai enrolando, enrolando e nunca compra, apesar de achar tudo lindo? Pois é. Fiquei esse tempo todo assim. Por isso, eu estou MEGA feliz que, finalmente, uma peça da grife entrou para meu guarda-roupas.

Vou contar um pouco para vocês. A Un Vestido foi criada em outubro de 2008 pela estilista Mariana Aretz e pela atriz Debora Falabella (sim, a Nina) para mulheres que amam vestidos. A proposta é oferecer vestidos bonitos e fofos com preço justo. Achei interessante ver que uma global (que a gente imagina que ganha rios de dinheiro e pode comprar nas lojas mais caras do universo) tenha sentido a necessidade de encontrar vestidos legais para o dia-a-dia a ponto de criar sua própria marca. A marca não lança coleções, mas tem um diferencial bem bacana: todos os vestidos tem edição bem limitada. E, quando esgota, elas não vendem mais. Então seu vestido é quase exclusivo, sabe? Inclusive, quando você entra no site, pode ver as criações antigas, mas não consegue comprar o que estar esgotado. Acho que isso é um diferencial muito bacaninha. :)

Ressalte-se: a Un Vestido não é marca para periguete. Os vestidos são fofinhos, bem mulherzinha, com inspiração sessentista, quase todos fabricados em tecidos como tricoline, poliéster, veludo, gabardine e outros tecidos não tão comuns em roupas de lojas normais . Não é roupa sensualité, é roupa pra você se sentir linda e fofa. E, realmente, é SUPER difícil encontrar vestidos assim com um bom custo-benefício.  Eu falo porque adoro vestido/saias fofinhos, com estilo menina, e é SUPER difícil de achar em 99% das lojas de shopping. Exceções: Lucy in the Sky e Renner (porque a Renner sempre traz uns vestidos de algodão fofos perdidos no meio daquele monte de roupa, acreditem, eu encontro coisas muito legais lá).

Bom, a peça da Un Vestido que entrou para meu guarda-roupas é o Vestido Gigi Bolinhas. Você pode vê-lo no site clicando aqui (mas, amigas, pfv, se comprarem um, avisem quando forem usar para não aparecermos com a mesma peça em um lugar, combinado? AHAHAHAH).  Mas tem váaarios outros vestidos lindos, fofos, maravilhosos com preços entre R$ 150 e R$ 350 – da linha festa, mas a maioria custa entre R$ 150 e 250.

E como ficou em mim? Bem, vejam e me perdoem desde já a foto espelhinho, é que eu estava sozinha e não tinha como tirar de outra maneira. Sei que não dá para aparecer tantos detalhes, mas é só para vocês terem uma ideia de como ele fica no corpo. Uma graça, não? Indico principalmente pra quem, como eu, é reta. Esse tipo de vestido dá volume e faz surgir curvas no corpo (por isso só fã desses modelos, ahahaahah).

 

Lembro que como a Un Vestido só vende online, é importante você checar suas medidas, para não errar no tamanho. Se vocês não sabe fazer isso, don´t worry: no próprio site elas ensinam como checar as medidas. O meu vestido é M e achei o M delas grandinho (ou talvez eu tenha emagrecido além do que minha cabeça é capaz de processar, ahahaha). Ficou bem confortável, mesmo eu tendo costas largas e seios de médio para grandes. Obs:  A blusa de renda que coloquei por baixo do vestido, de renda, eu comprei na Lena Boutique (momento jabá on/ minha prima é gerente da loja e compro muita coisa legal lá também /momento jabá off).

Resumindo: eu gostei TANTO do meu vestido Gigi que coloquei como meta comprar um vestido novo delas a cada dois meses. ;)

Para quem um estilo retrô/romântico, acho que vale muito conhecer a marca!

Gostaram da dica?

Beijos!