Dica de Utilidade Pública: Apps que ajudam a adicionar o 9 nos números de celulares

Esta dica vai para os Paulistanos da Cidade de São Paulo e da Grande SP que usam o DDD 11.
Como todo mundo já sabe (e quem não sabe ficará sabendo agora) no próximo dia 29 de Julho, todos os números de celulares terão nove dígitos e todos eles terão o número 9 antes do número atual. Ou seja, se seu número é 1234-5678 ele ficará: 91234-5678. Que coisa hein? Isso quer dizer que o povo não para de comprar linhas telefônicas ou que as operadoras estão tentando novas estratégias para melhorarem os serviços (que diga-se de passagem, andam de mal a pior).

Na última 3a feira, passeando pelo site do G1 para ler notícias me deparei com essa notícia que pode ajudar todos nós: Aplicativos adicionam o número 9 aos contatos de celulares com código 11.

Vários aplicativos para Iphone e Android foram testados para ajudar os usuários a arrumarem as suas agendas. Os testados e avaliados pelo G1 foram os abaixo:

Não consegui testar ainda, em tempos de vacas magras, gastar 1 dólar que for no cartão de crédito já é demais.
Se vocês testarem algum desses ou tiverem outras dicas de apps, escreva para nós contando.

Boa sorte a todos na organização da agenda!

[Tecnologia] Como será dirigir no futuro?

Você que tem mais de 25 anos sabe como a evolução da tecnologia mudou radicalmente a nossa  vida nas últimas duas décadas. Computadores, celulares, notebooks, tablets… toda essa parafernália que a gente não desgruda é responsável por uma profunda mudança na maneira como trabalhamos, vivemos e nos relacionamos com as pessoas.

Por isso, cada vez mais, é pertinente perguntar: como será o futuro?

Uma pista sobre como a tecnologia continuará mudando nossos costumes eu tive no IDF, um fórum sobre tecnologia que a Intel (essa ai, do adesivo “Intel Inside” colado no seu computador) realiza todos os anos e ocorreu pela primeira vez no Brasil, em São Paulo essa semana. Entre as três principais tendências em tecnologia, uma delas está nos carros, que devem mudar radicalmente nos próximos anos. Eles ficarão mais computadorizados e isso vai ser ótimo para nós.

A Intel fez uma pesquisa em várias cidades do mundo para descobrir como as pessoas dirigem, quanto tempo elas gastam no trânsito, quais os principais problemas que enfrentam e o que carregam dentro do carro para, com esses resultados, desenhar o carro do futuro. A pesquisa mostrou que as pessoas gastam muito tempo no trânsito, se aborrecem com acidentes, detestam ter que procurar vaga para estacionar e carregam de tudo um pouco dentro do carro, o que torna esse veículo praticamente a nossa segunda casa.

Com base nesses dados, a Intel está desenvolvendo o carro inteligente. Ele vai te avisar quando o combustível estiver acabando e traçar, automaticamente, a rota para o posto de gasolina mais próximo. Ao se dirigir para o trabalho,  o carro vai traçar a melhor rota para você escapar do trânsito (que será monitorado em tempo real). Está tudo parado? Não se preocupe. Seu carro entrará em modo automático para dirigir sem precisar da sua intervenção em áreas de congestionamento. Enquanto isso, ele lerá seus e-mails e você poderá respondê-los, tudo por comando de voz. Seu carro também vai acessar suas playlists e executar suas músicas preferidas. Ele também avisará sobre suas atualizações em redes sociais e mensagens de texto recebidas no celular. Também avisará sobre acidentes no caminho. Chegou ao trabalho? A vaga mais próxima, seja paga ou gratuita, para você parar será indicada para você no parabrisa. Com um toque no volante, você irá escolher a sua preferida e seu carro te levará até lá. Nos pedágios, ele também vai te levar, automaticamente, para o guichê com menor fila.

Você consegue imaginar tudo isso?

Gostou? ;)

Utilidade pública: Como baixar Torrents!

Pessoal, o post de hoje é totalmente de utilidade pública!

Recentemente postei um print no meu Facebook do meu programa de torrents, mostrando que estava baixando cerca de 80 epísódios de séries de tv. Todos meus amigos entraram em parafusos, querendo aprender, saber o que é e como funciona. Resolvi juntar o útil ao agradável e fazer um tutorial para vocês baixarem. Não precisa se desesperar! É só ter paciência e você verá que baixar esse tipo de arquivo é um dos métodos mais fáceis e revolucionárias que os nerds da internet poderiam inventar! E para ser sincera, eu acho mais fácil do que fazer download nesses sites pagos ou que você precisa esperar cerca de 10 min a 1 hora para conseguir mais de um ao mesmo tempo.

A vantagem destes arquivos, é que você não fica sujeito às limitações de velocidades do servidor, seja ela pela distância ou pela velocidade da conexão de dados do link.

Vamos lá para o tutorial:

1. Baixe um programa que surporte o download dos .torrent:

Primeiramente, você precisará de um programa que possibilitará que você abra os arquivos .torrent que você baixou e, assim, possa começar a baixá-los. Eu recomendo o uso do uTorrent por diversos fatores, entre eles o fato de ser bem completo, simples e leve, é só baixar e usar. Se você utiliza Mac recomendo o Azureus ou o BitTorrent para Linux.

2. Baixe o arquivo .torrent de sua preferência

Com o programa acima instalado, falta apenas achar o que você procura para baixar, pode ser um programa, uma série de tv, um filme, cd, DVD e por ai vai. E para procurar esses arquivos .torrent você precisa entrar em sites especializados que fornecem esses dados. Eu uso dois sites para baixar torrents, um deles é o IsoHunt e o outro o Kickass Torrents, uso mais o primeiro do que o segundo, mas os dois são ótimos. Outros muito famosos são o PirateBay e o Mininova, mas devido a uma série de processos envolvendo direitos autorais, boa parte do conteúdo foi removido de ambos os sites.

Bom, basicamente agora você já conhece alguns dos maiores sites sobre o assunto e já tem o programa, então é só procurar o conteúdo que deseja nas “barras de busca” de cada um é só e baixar o arquivo torrent. O uTorrent começará a fazer o trabalho. Ele gerenciará os downloads para você, colhendo os pedacinhos do arquivo dos ‘seeders’, os outros usuários que também têm o BitTorrent e o mesmo arquivo. Filmes mais populares, por exemplo, vêm mais rápido, porque têm mais ‘seeders’. Se você desligar o computador, não tem problema: o programa retoma o download quando você reconectar.

Importante: depois de baixar o arquivo torrent, você precisar clicar nele ( ícone da folhinha de papel com um “+”), para ele abrir automaticamente dentro do uTorrent, uma nova janela aparecerá, aí é só escolher a pasta onde você quer salvar o arquivo (ou arquivos) baixados e pronto, é só esperar baixar e ir acompanhando as porcentagens.

DICAS E SUGESTÕES:

– Sempre baixe o arquivo com mais seeds (S) da lista e que você acredita ser o tamanho certo do que você deseja. Desta maneira, você estará teoricamente reduzindo o risco de baixar um arquivo errado ou com vírus. Geralmente os sites que indiquei organizam a sua busca deixando os arquivos com mais seeds em primeiro lugar e os com menos, aparecem abaixo. Caso isso não aconteça, você pode clicar na palavra “seed” ou “S” da coluna que ele reorganizará sozinho os resultados.

– A maioria dos sites, possui a opção de você ler comentários de pessoas que baixaram estes arquivos. Através deles, você consegue ver se alguém comentou se é um vírus ou se as pessoas estão mesmo recomendando o arquivo seguro para baixar. Essa ferramenta, evita também que você baixe um arquivo duvidoso.

– Uma configuração importante é o lugar em que seus arquivos serão salvos. Você pode criar uma pasta ou salvá-los em ‘downloads’, ou qualquer outro lugar de sua preferência. O programa em si, em “preferências” ou “opções” disponibiliza a escolha dessa pasta, lembre-se de baixar sempre na pasta da sua escolha para não perder os arquivos no seu computador.

– O leecher é uma pessoa que baixa o arquivo ou não vira seeder depois de baixar o arquivo. É também conhecida como “Hit and Run”. Leecher também é aquele que está baixando o arquivo (você). Quanto mais leechers mais lento será o seu download. Para um download de velocidade deve haver mais seeders do que leechers no torrent.

– Normalmente os arquivos são estrangeiros, poucos são brasileiros, consequentemente se você não entende inglês (ou a língua que for) você terá que baixar legendas para esse arquivo.

Ficou fácil agora?

Caso não tenham conseguido entender, encontrei este vídeo que pode ajudar a mostrar melhor como funciona. Mas é claro, se tiverem dúvidas, deixe abaixo o seu comentário que tentarei ajudar.

Prometo em um próximo post, escrever sobre como colocar legendas em arquivos de vídeo.

Até a próxima!