Dica de livro: Um Lugar na Janela – Martha Medeiros

Dica de livro: Um Lugar na Janela – Martha Medeiros

Oi pessoal!! Estou de volta ao Pluralíssimo, e pra começar, nada como falar de duas coisas que eu amo muito: viagens e livros.

Sou super fã da Martha Medeiros, tenho vários livros dela, mas a dica de leitura de hoje não é só para quem já é fã das crônicas da autora, e sim para todos os apaixonados por viagens. Um Lugar na Janela, novo livro de Martha, é uma reunião de vários relatos de viagens que ela fez pelo mundo. Não espere um livro recheado de dicas e roteiros prontos, não é essa a proposta – o que acho ótimo, já que para mim, roteiro é uma coisa muito pessoal.

Um lugar na Janela é uma leitura leve e muito divertida, onde ela narra seus perrengues, aventuras, suas viagens sozinha, com amigas, com o marido, entre tantas outras. Eu, que já passei por vários lugares citados no livro, me diverti muito lendo e relembrando cada cantinho, vendo outras visões de um mesmo destino. Mas também é muito gostoso ler sobre destinos que nunca fui, e até que nunca nem pensei em conhecer. Acaba sendo uma viagem pelos lugares, dá vontade de conhecer tudo!

Pra finalizar, deixo um link com uma pequena entrevista com a Martha, falando sobre o livro:

“Se por um acaso, lá pelas tantas, eu colocasse a mão na testa e me perguntasse ‘que raios estou fazendo aqui?’, teria a resposta na ponta da língua: vivendo”.

 

Destino: Florença

Ah, a Itália.. Sou uma eterna apaixonada, não sei se pela minha descendência italiana ou o que, mas a Itália me fascina. Quando começamos planejar o roteiro dessa última viagem que fiz com minha família, separamos uma semana para a Itália, dividida entre Veneza, Florença e Roma. Veneza e Roma já conhecíamos, e mesmo assim eram as cidades que eu mais queria visitar. Mas parece que quanto menor a expectativa, maior a chance de dar certo né? E foi isso que aconteceu com Florença, não tinha criado expectativa nenhuma. Chegamos até cogitar mudar o roteiro e passar mais alguns dias em Veneza ao invés de ir para Florença, sorte que não fizemos isso!

Florença (ou Firenze, em italiano), é a capital da região toscana da Itália, situada a 230 km de Roma. Banhada pelo Rio Arno, essa charmosa cidade de cerca de 370 mil habitantes me surpreendeu e muito, com suas ruas respirando cultura e seus ótimos restaurantes e lojas.

(Vista do Rio Arno)

Berço do Renascimento e terra natal de Dante Alighieri, a cidade é cenário de obras de Michelangelo, Leonardo da Vinci, Botticelli, Donatello, entre outros artistas, o que a torna um verdadeiro museu ao ar livre. Por não ser muito grande e ter seus pontos turísticos bem concentrados em uma região, o transito caótico, típico de todas cidades italianas, não atrapalha, pois dá pra fazer tudo a pé.

Dois dias são suficientes para conhecer tudo, e foi esse tempo que fiquei na cidade. Mas, como eu saí de lá com aquele gostinho de “quero mais”, recomendo um dia a mais. Não tanto pelos pontos turísticos, mas pq o mais interessante é se perder por Florença, andar sem rumo, só apreciando as paisagens, se deliciando com a maravilhosa culinária italiana e também fazendo aquelas comprinhas, já que ninguém é de ferro, né? hahahahaha

(Piazza della Repubblica, com seus restaurantes, sorveterias e lojas)

Onde ir

Duomo – A Catedral, quarta maior do mundo, é o cartão-postal da cidade. No seu museu está a famosa Pietà inacabada de Michelangelo – Piazza del Duomo,  http://www.operaduomo.firenze.it

Galleria Degli Uffizi – Um dos museus mais importantes do mundo, com milhares de obras de arte. Entre elas, O Nascimento de Vênus, de Botticelli – Piazzale degli Uffizi – www.polomuseale.firenze.it/uffizi.

Piazza della Signora – Tida como uma das mais belas praças da Itália, é onde se encontra o Palazzo Vecchio, o antigo palacete dos Medici, que hospeda hoje o gabinete da prefeitura. É nessa praça que se encontra a réplica da escultura de Davi. A verdadeira, de Michelangelo, está na Galleria dell’Accademia (via Ricasoli, 58-60, www.polomuseale.firenze.it/accademia).

Ponte Vechio – Cartão postal de Florença, com suas inúmeras lojas de prata e ouro.

Santa Croce – Apelidada de Panteão das Glórias Italianas, é nesta igreja onde estão enterrados alguns dos mais ilustres italianos, como Michelângelo, Galileo Galilei, Maquiavel e Rossini. (Piazza Santa Croce, 16)

Compras

Além dos outlets nos arredores de Florença (que não tive tempo de visitar), a cidade conta com um bom comércio. Para os apaixonados por pinturas, artesanatos e antiguidades, o mercado de rua San Lorenzo, na praça homônima é uma ótima pedida.

As grifes da moda italiana e internacional se concentram principalmente nas vias Tornabuoni e Vigna Nuova, sem contar com o a Ponte Vecchio, com suas joalherias, mas por todo centro histórico é possível encontrar boas lojas. Na cidade tem Zara, H & M, Sephora, La Rinascente, famosa loja de departamento italiana, entre outras.

Deu pra ver o quanto gostei de Florença né? Do nosso roteiro, era a única cidade italiana que eu ainda não conhecia e acabou sendo um dos pontos altos da viagem. Espero que inspire mais pessoas a conhecer os encantos da Itália! Arrivederci!

#FicaDica: Hidratando as cutículas

Meninas apaixonadas por esmaltes, vocês tiram a cutícula? Eu mesma faço minha unha e até alguns dias atrás, eu tirava. Acontece que muitas vezes deixava de fazer a unha por preguiça de tirar a cutícula. Perde um super tempo, né?

Mas depois que comecei a ler em blogs sobre meninas que pararam de tirar a cutícula e começaram a hidratar, eu fiquei morrendo de vontade de testar, mas sempre esquecia de comprar as cerinhas/hidratantes e acabava deixando passar. Até que nas últimas semanas, quando estava em uma loja de cosméticos, vi uma caneta hidratante para cutículas e resolvi testar!

O resultado: to amando!!!! Minha cutícula ainda não tá bonitona, mas é assim mesmo, o começo é meio chatinho, mas sempre quando hidrato já sinto a diferença, fica super macio e tá sendo muuuuuito mais rápido fazer minha unha. Além do fato de que sem a cutícula, a unha fica exposta a várias bactérias.

A caneta que to usando eu comprei na Itália, naquela loja que citei no primeiro post, a Kiko Make Up, e paguei uns 5 euros, mas tem várias opções aqui no Brasil também. A mais famosa com certeza é a Cera Nutritiva da Granado, mas a Avon também tem uma ótima opção, o Mira Cuticle.

(Cera Nutritiva Granado)

(Mira Cuticle Avon)

Além dessas opções específicas, uma outra opção é o bom e velho Bepantol. O creminho mil e uma utilidades também dá uma super hidratada na cutícula.

A cera da Granado você pode encontrar na loja virtual da marca, e o Mira Cuticle com alguma revendedora Avon ou na loja virtual.