#Gastronomia: Restaurantes que eu amo em São Paulo – Killa Novoandino

Escolhi o Killa para fechar o roteiro com meus restaurantes preferido porque, junto com o Blú, é o que mais frequento/gosto. Esse espaço de comida andina/peruana fica em Perdizes, numa esquina super discreta. De cara, você não dá nada pelo lugar, mas é facinho dele entrar e arrumar um cantinho no seu coração. Eu confesso que não conhecia NADA de culinária até começar a frequentar o Killa, por indicação da @camilaorantes. E simplesmente me APAIXONEI pelos ceviches e quase tudo que compõe a culinária dos habitantes dos Andes.

Quando você chega, o restaurante oferece free uma espécie de pipoca de estoura ao contrário. Não tente entender, apenas coma, é viciante e delícia para acompanhar cerveja. Em seguida, escolha um dos ceviches do cardápio (eu sempre peço o tradicional) e seja feliz. De prato principal eu sou Maria-Lomo-Saltado, uma carne com batatas e cebola que é coisa de Deus.

Se você curte experimentar bebidas diferentes, peça pisco sour. Eu não gosto de nada destilado e pisco é uma dessas bebidas, mas já tomei e não achei ruim (quem gosta, diz que é maravilhoso). Eu sempre peço cerveja e adoro quando tem Cusquenha, uma cerveja peruana pilsen bem levinha (não é sempre que tem, é bom perguntar antes).

De sobremesa, peça  Pancakes Rellenas, que é uma panqueca de mação com doce de leite e sorveta. Antes eu sempre pedia a torta Nemesis, que era DIVINA (uma mistura de chocolate com frutas vermelhas), mas infelizmente eles tiraram do cardápio. :(

Curiosidade: a palavra Killa significa Lua. Aproveite para ver o vai e vem de pessoas passeando com seus cachorros e bon apetit!

 

Killa Novoandino

Endereço: Rua Tucuna, 689, Perdizes.

Preço médio: R$ 80 por pessoa

www.killa.com.br

#Gastronomia: Restaurantes que eu amo em São Paulo – Nou

Não vou lá já faz um tempinho, mas amo esse restaurante de Pinheiros, que fica bem perto do Pirajá. É super descoladinho, dá até para você ir simplesmente para tomar umas cervejas ou drinks. Os garçons são super modernos e simpáticos e o espaço tem ares bem moderninhos, assim como seu cardápio, todo inspirado na comida contemporânea.

No almoço serve menu executivo, mas o que gosto mesmo de comer no Nou é o Filé Mignon com presunto parma e molho de cogumelos (sim, eu amo carne,ahahahahah). O bife ancho com purê ou fritas também é para salivar. Uma coisa que não recomendo no Nou é o Stake Tartar deles, muito mal preparado. As bruchettas como entrada também super recomendo, principalmente as com shitake.

Atenção: no sábado lota, mas vale a espera. Enquanto não chega sua mesa, dá pra ficar sentado na frente do restaurante tomando drinks (para quem gosta e ótimo, embora não seja muito meu caso, detesto bebida doce).

Como faz tempo que não vou lá, dei uma olhada no cardápio pelo site e fiquei CHOCADA por não encontrar o Pavê Delícia, que é a sobremesa mais deliciosa do mundo, como o próprio nome diz. Não sei se tiraram mesmo, mas caso tenham, ainda dá pra comprar pavê delícia na Brigadeiro, que é quem fabrica esse doce dos céus. De qualquer forma, se não tiver pavê delícia, vá de petit gateau sem pestanejar.

 

Nou

Rua Ferreira Araújo, 419, Pinheiros.

Gasto médio: de R$ 60 a R$ 80 por pessoa.

www.nou.com.br

#Gastronomia: Restaurantes que eu amo em São Paulo – Obá Restaurante

Dando continuidade a minha #wishlist gastronômica por São Paulo, hoje vou falar do Obá.

É um restaurante super  ~descolado~  no Jardins, todo colorido e com a proposta de servir comida caseira dos quatro cantos do mundo. Tem opções muito distintas, porque o cardápio está baseado na culinária do Brasil, México, Itália e Tailândia. Dá também só pra bebericar, porque o espaço é realmente muito gostoso e tem vários ambientes. Se tiver calor, tente uma mesa no lado de fora, que é bem fresquinho. Se for à noite e a ideia for só beber, o piso superior é uma boa pedida. Para turmas grandes, pegue uma mesa no salão principal.

Meu prato: Carne a la tampiqueña, que é um filé mignon grelhado delicinha. Acompanha um monte de coisa, mas sempre só como a guacamole, porque não tenho o hábito de comer “mistura” (e não como um monte de coisas, tipo o arroz que vem junto). Minha sobremesa é a Torta do Luiz, um mousse de chocolate feito com cachaça e castanhas.

Atenção: eles mudam o cardápio periodicamente, mas sempre tem várias opções gostosas.

 

Obá Restaurante

Endereço: Rua Melo Alves 205, Jardins.

Gasto médio: R$ 85 reais por pessoa.

www.obarestaurante.com.br